Em tempos de crise no país, que já se alonga há alguns anos, um número cada vez maior de pessoas se encontra com os nomes negativados em órgãos de proteção ao crédito.

Esse tipo de apontamento impacta diretamente nos acessos aos créditos bancários, incluindo aí limites de cheque especial, contratação de empréstimos e financiamentos, bem como disponibilização de cartões.

Todas essas restrições ao crédito pessoal acabam dificultando o consumo das pessoas que necessitam recorrer a linhas de crédito, que habitualmente oferecem acesso descomplicado, ficando impedidas de realizar determinadas metas com maior rapidez e sem burocracias, ou mesmo necessidades de fornecer garantias para obter recursos de créditos pessoais.

Entretanto, vamos ver no post de hoje que, mesmo com maiores dificuldades, é possível ter acesso ao Melhor Cartão de Crédito para Negativado, permitindo reconquistar parte da tranquilidade para continuar consumindo com o uso de crédito, enquanto enfrentar restrições cadastrais.

Como fazer um cartão de crédito para negativado

Different credit cards on table, closeup

Ter um cartão de crédito, nos dias atuais, é importante para facilitar diversas opções de consumo, mas também para realizar algumas transações que são específicas e são possíveis apenas com a indicação de um cartão de crédito válido e com limite disponível para a compra – como é o caso de aluguéis de veículos e compras parceladas na internet.

Porém, para pessoas que se encontram com restrições de crédito, é comum que os bancos suspendam os limites de crédito e a pessoa fica impedida de usar seu cartão tradicional.

Para que se possa manter essa importante ferramenta de consumo, existem algumas alternativas de instituições que concedem Cartão de Crédito para Negativado.

Há várias opções de empresas que permitem emitir Cartão de Crédito para Negativado, com menor ou maior burocracia ou exigências, podendo ser realizado fornecimento, quando não focam em consultas aos órgãos de proteção ao crédito, ou quaisquer usam outras formas de avaliar a possibilidade de conceder o Cartão de Crédito para Negativado.

Seja baseado em opções de vínculos a formas de consignado em folha de pagamentos, ou até mesmo no modelo de cartões pré-pagos; considerando o score  do cliente.

Uma dica importante para quem pesquisa empresas que fornecem esse tipo de cartão é não se deixar seduzir por ofertas muito facilitadas na concessão de Cartão de Crédito para Negativado e acabar sendo levado a contratar condições desfavoráveis.

Existe cartão de crédito para negativado?

Mesmo tendo restrições junto aos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa, é possível conseguir um Cartão de Crédito para Negativado.

Claro que, nesses casos, há uma maior dificuldade na liberação, pois a financeira que permite conceder esse tipo de Cartão de Crédito para Negativado, certamente realizará aprofundamento maior quanto à avaliação de limites e também levar em consideração alguns aspectos inerentes aos motivos da negativação e em alguns casos, as ações que a pessoa esta tomando para regularizar suas pendências.

Além disso é possível que os limites liberados sejam menores em relação a situação anterior a ocorrência da negativação.

Esses são alguns aspectos que devem ser considerados pela instituição que trabalha com Cartão de Crédito para Negativado, porém podem ocorrer casos de empresas de crédito que facilitem mais a concessão, mas essas empresas correm maiores riscos e dessa forma podem trabalhar com  taxas administrativas e de juros maiores também.

O Cartão de Crédito para Negativado possui algumas opções de fornecimento no mercado porém  o ideal é que a pessoa comece a negociar suas dívidas e regularize sua situação junto aos credores para que possa retomar seu crédito normal e possa fazer as melhores escolhas do tipo de cartão de crédito que deseja usar, com  limites adequados a sua renda.

O ideal é que o Cartão de Crédito para Negativado sempre seja considerada uma opção passageira e que a situação de inadimplência se resolva o mais breve possível.

Normalmente os órgãos de proteção ao crédito promovem campanhas de renegociações de dívidas vantajosas para todas as partes, permitindo assim retomar a condição de crédito normal para a pessoa e eliminando as restrições existentes.

Como solicitar cartão de crédito para negativados

O fornecimento de Cartão de Crédito para Negativado atende a vários critérios de análise do solicitante que considera a capacidade real de pagamento da pessoa, pois não há como considerar a condição de crédito no mercado, em função das restrições existentes, que dificultam uma análise mais simples.

Entretanto não é proibido solicitar um Cartão de Crédito para Negativado e ser aceito por empresas que tem esse conceito de concessão de crédito.

Normalmente as condições para uma solicitação desse tipo envolvem basicamente a necessidade de comprovar idade mínima de 18 anos, apresentação de dados pessoais, informe de renda, residência, declaração de imposto de renda e referências pessoais.

Porém os critérios para avaliação do fornecimento de Cartão de Crédito para Negativado incluem parâmetros específicos a serem aplicados de acordo com as políticas de concessão de crédito de cada empresa que trabalhe com essa modalidade, sendo assim podem ocorrer variações quanto a necessidade de apresentação de informações.

Normalmente esse processo envolve a solicitação de garantias, como por exemplo vinculação a consignado, para desconto em folha de pagamentos, cartão pré-pago ou algum outro critério de garantia de bens para suportar o crédito.

A solicitação de um Cartão de Crédito para Negativado deve ser precedida da pesquisa de empresas que trabalhem com esse tipo de transação financeira, tomando cuidado para avaliar se a empresa é confiável, através de pesquisas em sites de reclamações de clientes e até mesmo autorização de funcionamento junto ao Banco Central, que autorize concessão de créditos, sendo importante se assegurar da idoneidade da instituição.

Ao identificar a empresa mais adequada a suas necessidades o Cartão de Crédito para Negativado pode ser solicitado à empresa em uma loja física de sua propriedade ou através da internet, onde serão encaminhados eletronicamente os dados solicitados e posteriormente, após liberação do crédito, o envio do cartão físico pela empresa ao cliente.

Cartão de crédito para negativado com score baixo

Score de crédito é utilizado para melhorar as chances de obter um melhor relacionamento de consumo e quanto a questões financeiras no mercado.

Isso se aplica também a maior chance de conseguir um Cartão de Crédito para Negativado, pois bons scores garantem que há mais chances de cumprir as obrigações por parte de quem possui esse perfil.

Entretanto um Cartão de Crédito para Negativado pode ser solicitado por pessoas com score baixo e nesse caso há mais dificuldades em conseguir esse benefício, porém não é impossível.

Porém essa dificuldade não se restringe apenas a concessão de Cartão de Crédito para Negativado, pois as empresas ao concederem cartões de crédito efetuam consultas às notas de score, mesmo que não sejam identificados apontamentos de restrição a crédito para o solicitante.

Tal fato se relaciona a precaução em análises de crédito, realizadas pelas empresas, visando identificar o histórico de relacionamentos financeiros de quem solicita ou é analisado para receber um cartão de crédito, independente se é um Cartão de Crédito para Negativado, ou não.

Como o score é relacionado a capacidade de pagamento de contas ele é afetado por atrasos eventualmente ocorridos, porém também pelo volume e frequência de pagamentos e pontualidade em liquidar as obrigações.

Assim uma pessoa pode estar com alguma restrição junto aos órgãos de crédito porém tem um score adequado.

Quando a pessoa possui score baixo a concessão de Cartão de Crédito para Negativado fica mais restrita, porém ainda pode ser feita desde que ocorram análises mais diversificadas e que possam atestar a capacidade de honrar seus pagamentos a serem efetuados para valores apresentados nos cartões de crédito fornecidos.

Existem alguns bancos digitais e empresas especializadas em conceder crédito que permitem emitir cartões para pessoas com notas de score mais baixas, é necessário efetuar pesquisas para identificar a que mais possa atender a necessidade de pessoas nessa situação.

É possível cartão de crédito para negativado?

É possível sim ter Cartão de Crédito para Negativado, pois mesmo ocorrendo uma análise criteriosa por parte das instituições financeiras quanto a concessão de cartões de crédito, havendo casos até de oferta sem solicitação, no caso de pessoas com restrições de crédito existem empresas, bancos e fintechs que concedem Cartão de Crédito para Negativado

Normalmente essas instituições concedem o cartão sob algumas condições para garantir com maior segurança que os pagamentos sejam realizados e em alguns casos costumam cobrar taxas de juros superiores a cartões convencionais fornecidos para pessoas sem restrições.

No entanto é importante avaliar alguns pontos quando for solicitar um Cartão de Crédito para Negativado, tais como:

  • Verifique a necessidade efetiva de ter um cartão de crédito, o melhor é efetuar um planejamento financeiro e se organizar para conseguir realizar suas compras com os recursos que possui no momento pois somente assim estará praticando uma receita de sucesso, que é a de gastar somente auilo que está em seu orçamento;
  • Ao solicitar o Cartão de Crédito para Negativado avalie o limite mais adequado a suas necessidades, para que possa trabalhar com valores adequados a sua capacidade de pagamento, evitando assim transformar o desejo de compras, em uma situação descontrolada, podendo gerar problemas futuros;
  • Avalie as opões que são apresentadas verificando as instituições e as condições oferecidas pelas diversas empresas;
  • Apure os custos envolvidos , como taxas de administração, cobranças de anuidades, descontos por uso do cartão e juros e multas cobrados sobre eventuais atrasos;
  • Antes de pedir o Cartão de Crédito para Negativado tente realizar um acordo com o credor que negativou seu nome, para que possa recuperar seu crédito sem negativação alguma, esse é o melhor meio de manter sua saúde financeira e mental mais controlada e com isso, ter uma vida mais tranquila.

Importante ter consciência sobre a obtenção de um cartão de crédito para situações de restrição no nome da pessoa, pois podem ocorrer de situações que agravem as dívidas.

Isso pode ocorrer caso a pessoa não tenha controle sobre suas finanças e acabe considerando que está com crédito disponível para voltar a consumir de maneira mais livre.

Negativados devem envidar esforços para limpar o nome e trabalhar com os recursos próprios, sem contar com créditos para as necessidades cotidianas.

Cartão de crédito pré-pago

Uma das alternativas de Cartão de Crédito para Negativado é o cartão pré-pago, que tem sido aceito por muitas empresas e consumidores.

Esse tipo de cartão facilita o controle de gastos pois funciona como uma linha de crédito pré-determinada e que não pode ser ultrapassada, com isso ocorre uma limitação efetiva de seu uso, pois ao atingir o valor limite estabelecido o cartão fica bloqueado para novos usos, até que a fatura seja paga.

O conceito dessa ferramenta de crédito é similar a de qualquer produto pré-pago onde é realizada uma recarga de valores que ficarão disponíveis para serem gastos até o limite desses valores.

Não necessita ser vinculado a uma conta bancária, sendo o funcionamento regulamentado pelo Banco Central, sendo útil para quem possui restrições de crédito, pois permite realizar compras restritas com cartões de crédito, sem que ocorra a necessidade de avaliação de regras de crédito ou renda.

Indicado dessa forma também para pessoas com atividades profissionais informais, que não consigam comprovar renda e também para aquelas que possuam notas de score baixas.

Toda recarga é feita pelo titular do cartão que ao proceder dessa maneira está automaticamente habilitando seu cartão para uso, até o limite do saldo existente gerado através de recargas.

Porém, esses cartões normalmente cobram algumas taxas que não incidem sobre os cartões tradicionais, como taxas de adesão, de saque, de recarga e ainda uma mensalidade, o que pode encarecer esse tipo de opção, mas que é ideal para quem não consegue manter um controle orçamentário mais rígido.

Compras usando essa modalidade não podem ser parceladas, auxiliando também ao maior controle financeiro.

Como melhorar seu score

Para conseguir um Cartão de Crédito para Negativado as empresas consideram a nota de score do solicitante e esse dado tem uma importância bastante grande quanto a facilitar a obtenção do cartão.

Porém muitas vezes o score desse tipo de consumidor é baixo e o ideal é se consiga aumentar essa nota para garantir mais segurança na aprovação do cartão.

Existem formas de aumentar seu score, a saber:

Mantenha suas contas sem atrasos

Pague suas contas em dia, sendo o ideal que faça a inclusão de contas para pagamentos em débito automático, principalmente aquelas contas referentes a prestações de serviços públicos, como contas de energia elétrica, gás, água e também os prestadores de serviços que ofereçam essa opção, como tv a cabo, serviços de streaming, etc.

Dessa forma suas contas sempre serão pagas em dia, interferindo positivamente em seu score.

Limpe seu nome

Essa é a ação que mais impacta numa nota de score, pois ao agir assim os apontamentos dos órgãos de proteção ao crédito não manterão a negativação do nome.

Efetue a negociação com seus credores e mantenha os respectivos pagamentos sem atrasos, mantendo um score mais alto a seu favor.

Pagar as contas em dia é a melhor forma de manter um score elevado, porém se existem dívidas que estão sendo cobradas e que levem a negativação do nome da pessoa, esse impacto será acentuado, em relação a rotina de pagamentos sem atrasos de outros compromissos.

Atualize seus dados na Serasa

Mantenha sempre seus dados atualizados junto aos órgãos de informações de crédito, pois informações atualizadas e confiáveis correspondem a scores mais positivos também.

Um alerta importante é que não existem formas de aumentar o score que não sejam atendendo a essas três formas relacionadas aqui; então, não acredite em promessas de pessoas que afirmam aumentar o score com base em pagamentos para esse objetivo. Não caia nessa cilada!

Cadastro positivo

O cadastro positivo influencia quanto a avaliação do fornecimento de Cartão de Crédito para Negativado e também para quem não tem qualquer apontamento nos órgãos de controle de crédito.

Esse é um indicador que abrange todas as pessoas que possuem alguma movimentação financeira de pagamentos de obrigações e se refere a um sistema de pontuação que permite as empresas avaliarem os riscos na concessão de crédito.

Esse cadastro positivo permite apurar o quanto a pessoa é confiável em honrar com suas obrigações financeiras indicando principalmente:

  • Se possui condições de pagar uma compra parcelada;
  • A avaliação sobre os limites de crédito concedidos;
  • Definição dos percentuais de juros e condições de um financiamento.

Esse sistema de avaliação trabalha com uma escala de zero a mil, sendo que quanto mais a pessoa se aproxima de mil, maior a possibilidade de se tratar de um bom pagador, enquanto em oposição, quanto mais próximo sua nota estiver de zero, menores são as possibilidades de obter um crédito.

A metodologia de cálculo dessa nota considera todas as informações constantes nas instituições de crédito, como bancos e financeiras, incluindo ai a renda, pontualidade de pagamentos, incluindo também os dados dos familiares em primeiro grau.

O cadastro positivo indica com maior segurança a probabilidade de conceder ou não um Cartão de Crédito para Negativado, baseado em dados amplos e não somente em um determinado desvio que possa ter ocorrido, permitindo assim que sejam melhor avaliadas as chances de fornecer um Cartão de Crédito para Negativado, de acordo com seu histórico mais detalhado.

O cadastro positivo está sob a responsabilidade de obtenção de dados e suas tabulações, pelas empresas de análise de crédito como Serasa, Boa Vista, Quod e SPC, que aplicam metodologias específicas para formular o resultado final do consumidor.

O cadastro positivo pode ser compartilhado para o comércio em geral, instituições financeiras e bancos, que utilizam as informações como elementos de suporte em suas avaliações de concessão de crédito considerando a capacidade de pagamento de cada pessoa.

Em 2019 entrou em vigor uma nova regra com a inclusão automática do cadastro positivo para qualquer pessoa que possa CPF, sem necessidade de autorização para inclusão de seus dados nesse cadastro.

Até então havia a necessidade de autorização do contribuinte para constar nesse banco de dados, com a mudança é possível não autorizar a divulgação dos dados, por iniciativa do consumidor, devendo requerer formalmente as instituições responsáveis, sua exclusão desse tipo de apuração.

Porém ao optar por essa exclusão a dificuldade em obter crédito passa a ser maior.

O que fazer para melhorar o score

O score está intimamente ligado a melhoria na condição de conseguir ou não um Cartão de Crédito para Negativado então é importante que se tracem estratégias para aumentar seu score e assim, conseguir aumentar as chances de obter crédito com maior facilidade.

Apresentamos a seguir algumas dicas de atitudes que, se implementadas, podem contribuir para o aumento de seu score:

  • Consulte seu score rotineiramente, a consulta é gratuita por isso mesmo bem acessível e facilitada;
  • Não baixe a guarda quanto a limitações de gastos, sempre pense em qual benefício efetivo terá de retorno em uma compra e evite comprar por impulso;
  • Quite suas dívidas, não mantendo riscos de negativação e de ter dificuldades em conseguir crédito;
  • Evite aumento de gastos em datas comemorativas, apelos ao consumidor escolhem mais essas datas, por isso mesmo tenha bastante atenção para não se empolgar;
  • Não atrase seus compromissos, ao pagar com pontualidade estará garantindo um melhor score;
  • Coloque suas obrigações em débito automático ou antecipe os pagamentos, assim não corre o risco de esquecer de pagar e se tornar inadimplente com necessidade de pagamento de juros e multas;
  • Cuide bem de seu cadastro positivo, como é uma ferramenta básica de avaliação de crédito é importante ser bem acompanhada;
  • Estabeleça um limite de endividamento sobre sua renda, definindo um percentual de comprometimento máximo sobre empréstimos e despesas obrigatórias é possível ter sobra em seu orçamento;
  • Ajuste seu orçamento, mantendo-o como a base de recebimentos e gastos é possível equilibrar sua vida financeira.

Essas são dicas que estão diretamente relacionadas a aumentar seu score e praticando todas elas certamente sua vida melhorará e ter um Cartão de Crédito para Negativado será coisa do passado.

Como Reorganizar suas finanças

Para que uma pessoa possa ter uma saúde financeira adequada e que consiga manter uma condição sem riscos de necessitar de pedir um Cartão de Crédito para Negativado é importante e fundamental que tenha um objetivo principal de reorganizar suas finanças.

Normalmente a desorganização financeira ocorre por desperdícios, falta de objetivos e descontrole em seu consumo, não manter um controle orçamentário, inexistência de uma poupança, além de aspectos não previstos que podem impactar diretamente em seus gastos e que atuam no desequilíbrio financeiro.

Dessa forma torna-se decisivo para manter condições financeiras adequadas seguir alguns passos que possam lhe permitir ter uma vida material mais equilibrada e que de certa maneira trará mais tranquilidade em termos emocionais, alcançando uma vida melhor.

Organizar financeiramente sua vida irá trazer benefícios enormes para a melhoria constante e podemos citar as seguintes dicas para auxiliar nessa sua tarefa:

Identificar a sua situação

Conhecer a real situação financeira em que se encontra e identificar os motivos que levaram a dificuldades existentes no momento atual, são essenciais para que se possa tomar atitudes de controle e buscar soluções para regularizar dificuldades existentes.

Normalmente quando não se tem um controle financeiro adequado a situação foge ao controle e as dificuldades aparecem, mantendo situações delicadas e de endividamentos por longos anos.

Verifique quais gastos devem ser ajustados e até mesmo cortados, mantendo um equilíbrio entre suas receitas e despesas.

Nunca efetue gastos maiores que sua renda e não considere limites de crédito como integrantes dela.

Criar um orçamento

Elaborar um orçamento e manter seu controle e acompanhamento é a melhor maneira de poder não se descontrolar quanto a suas finanças e assim conseguir ter uma vida mais tranquila, sem ter de recorrer a créditos em emergenciais e caros que acabam comprometendo sua renda.

O orçamento deve ser elaborado após a identificação de todas as suas rendas e despesas.

É um excelente instrumento de controle financeiro, mas deve ser acompanhado e cumprido a risca, sem exceções que possam causar desvios de valores e que acabe comprometendo suas finanças.

Relacione detalhadamente o valor de previsão mensal e aquilo que você fez naquele mês, de acordo com seus gastos, identificando se ocorreu uma diferença e se ela é positiva ou negativa.

Isso auxilia a ver onde gastou mais do que estava orçado e analisar seus motivos para fazer os ajustes e correções necessárias.

Importante reconhecer que se se alguma despesa foi superior ao valor orçado, algum outro valor deve cobrir essa diferença, caso contrário ocorreu um desequilíbrio no orçamento geral, que deve ser regularizado para não se agravar.

Criar uma reserva de emergência

Quando efetuar seu orçamento inclua um valor entre 10 a 20% de sua renda como poupança.

Essa talvez seja a parte mais importante de seu planejamento e deveria ser a primeira linha do orçamento pessoal, trabalhando com a diferença entre sua renda e essa poupança, para o pagamento das despesas mensais.

A poupança se destina a manter uma reserva importante, que pode ser usada para uma compra futura ou mesmo para conseguir ter um fundo para emergências que acabem surgindo e não são previstas.

Dessa forma a poupança poderia apresentar uma classificação de seus objetivos dentro do orçamento, assim poderia estabelecer descrições dos objetivos da poupança, tais como: uma parte para sua reserva financeira, outra para a compra de um bem e outra para cobrir valores emergenciais, a soma desses 3 itens teria de corresponder ao total poupado (10 a 20% da renda).

Ter uma poupança permite que nunca mais recorra a empréstimos para cobrir despesas e sempre que a usar, mantenha um compromisso de repor o valor utilizado.

Mantenha a sua poupança como seu compromisso mais importante do mês!

Priorizar pagamentos que tenham juros altos

Quando você está com um descontrole financeiro e não tem com o pagar suas dívidas é importante pagar todos os compromissos que possuam juros mais altos.

Os juros no Brasil permanecem extremamente elevados para o consumidor e devem ser a todo custo evitados, pois torna uma dívida muitas vezes impagável, ou no mínimo você pagará muito mais que o dobro dela.

Essa situação retira recursos consideráveis de outros gastos necessários a sua vida e que não retornam para seu bem estar, é como se você estivesse tirando parte de seu sustento para honrar compromissos muito elevados, sem qualquer retorno.

Mudar hábitos

Uma medida fundamental para reorganizar sua vida é a mudança de seus hábitos.

Perceba que a situação atual foi causada por ações que você tomou por condições de consumo ou estilo de gastos acima de sua capacidade de pagamentos.

Quando você identifica através do orçamento seus limites é possível mudar os hábitos para poder se enquadrar na realidade que possui.

Esse processo para quem está endividado é muito importante, mas também bem doloroso, pois a pessoa tem de cortar muitas vezes em despesas mais importantes, no sentido de mudar a situação atual e poder viver uma vida melhor.

Mas isso traz benefícios futuros pois a consciência sobre sua realidade estará sendo ajustada a situação que você possui e não aquela que esta imaginando e que certamente será mais difícil de conseguir, quando se está com dívidas.

Fazer compras programadas

Comprar por impulso e sem comparar preços é uma receita infalível para o desastre financeiro.

Para você organizar suas finanças é importante manter uma avaliação sobre a necessidade de consumir com base em aspectos práticos e não emocionais.

Quando decidir consumir algo faça algumas perguntas antes de comprar:

  • Preciso desse bem ou meu ego é que está incentivando para mostrar que posso?
  • O valor cabe em meu orçamento ou vou usar minha poupança ou recorrer a um crédito?
  • Em que esse bem irá ajudar a minha rotina?
  • Como usarei ele, o custo benefício vai valer a pena?
  • Posso adiar essa compra ou ela é fundamental para minha vida atual?
  • Conseguirei manter esse bem?

Existem diversas armadilhas de consumo e entre elas está a de vender algo que realmente você não necessita e não usará com frequência, assim poderia ser evitado.

Um exemplo prático é aquela tela de 70 polegadas que nem caberá na sua casa, é mesmo necessária? A troca anual de um celular ainda novo, qual a vantagem de comprar?

Muitas vezes compramos coisas para aproveitar o preço, mas as deixamos de lado para usar no futuro ou usar pouco, isso é saudável quando se esta contraindo uma dívida?

São questões que devem ser formuladas antes de consumir e ajudarão na sua reorganização mental e financeira, para alcançar uma vida mais feliz.

Ter cuidado com o crédito fácil

Normalmente obter crédito quando não está com nome negativado é muito fácil, pois pode ser obtido de forma rápida em qualquer caixa eletrônico, sem burocracia.

Porém esse é o tipo de crédito mais perigoso, pois a pessoa é levada a recorrer a essa alternativa para cobrir faltas no orçamento e acaba assumindo novas responsabilidades, normalmente sem ajustar as despesas orçadas.

Conclusão: está montado o caminho para as dívidas!

Fuja desse tipo de oferta e perceba que normalmente as instituições disponibilizam valores elevados de limites desse tipo e que podem gerar compromissos muito elevados de pagamentos mensais, além de valores muito elevados de dívidas.

Normalmente esse tipo de oferta de crédito possui juros bem altos, evite esse tipo de empréstimo e em caso de necessidade, priorize uma negociação direta com o gerente de sua conta, onde os juros são menores.

 Use a portabilidade

Avalie seus empréstimos e efetue a portabilidade deles.

Esse recurso permite que se troque dívidas com juros mais altos, por juros menores e pode contribuir para uma redução considerável nos valores de prestações e do total a pagar.

Essa é uma das alternativas, para evitar que suas dívidas se tornem impagáveis e você possa sair do aperto mais rapidamente e com melhores condições.

Aprenda a usar o dinheiro

Conseguir entender o papel do dinheiro em sua vida é um passo fundamental para poder fazer o dinheiro render mais para você e não usá-lo de forma descontrolada.

Importante frequentar um curso de educação financeira obtendo orientações para poder usar seus recursos de maneira mais eficiente e sem ser um peso em sua vida.

Conhecer com maior profundidade o funcionamento dos juros e opções de poupança, assim como fazer orçamentos e acompanhamentos mais completos é fundamental para melhorar a forma como lida com seus recursos.

A educação financeira permite que seu contato com o dinheiro deixe de ser algo complicado e passe a ser algo mais natural e benéfico para conquistar melhor qualidade de vida e poder cumprir seus objetivos pessoais.

Ao conseguir compreender a importância dos seus recursos e poder trabalhar para que eles sejam melhor utilizados você estará conseguindo ganhos consideráveis em sua vida e de seus familiares.

Fazer investimentos

Tenha objetivo de realizar investimentos futuros, assim que equilibrar seu orçamento.

Com uma nova visão sobre seus recursos e gastos você conseguirá ter sobra de dinheiro para poder realizar investimentos, sendo importante conhecer esse tipo de opção para decidir por aquela que melhor vai atender a suas necessidades de retorno e segurança.

Investimentos bem avaliados trazem maior retorno financeiro e podem auxiliar a conquistar seus desejos sem assumir dívidas e responsabilidades que podem se tornar verdadeiros problemas em sua vida.

Muitas pessoas pensam somente na poupança com o forma de investimento seguro, porém existem  diversas opções que podem garantir um retorno maior e em tempo menor, sendo um grande diferencial para quem deseja efetuar um determinado consumo em tempo mais adequado.

Porém para isso é importante conhecer com  detalhes todas as opções de investimentos, estudando essas alternativas e dominando suas características, pois só o conhecimento pode trazer benefícios e segurança para reduzir os riscos de uma decisão.

Assim você estará se preparando para um futuro melhor e certamente não precisará nunca mais a recorrer a um Cartão de Crédito para Negativado.

Parcelamento de dívidas

Importante considerar o parcelamento de suas dívidas, antes de solicitar um Cartão de Crédito para Negativado.

Poder manter suas dívidas sob controle é um passo importante para se livrar delas, pois somente assim poderá quitá-las com segurança.

Assim é importante renegociar suas dívidas com reparcelamentos que caibam em seu orçamento.

Para isso existem programas que ajudam pessoas endividadas a resolver suas situações e muitas vezes auxiliando a pessoas endividadas a obter descontos para regularizar os valores a serem reparcelados.

Esse é o caso das campanhas dos órgão de proteção ao crédito ou mesmo de ações da defensoria pública, objetivando viabiliza negociações.

A renegociação tem vantagens e necessidade de mudanças de comportamento, tais como:

  • Reduz os valores das parcelas com diminuição de juros e aumento de prazos;
  • Evita cobranças judiciais;
  • Propicia maior tranquilidade ao devedor;
  • Necessita de maior planejamento e determinação no pagamento dos valores renegociados.

Parcelar dívidas requer muita disciplina para que possa cumprir seu compromisso e poder liquidar a nova negociação, assim tenha bastante cuidado em aceitar uma proposta e avalie bem suas condições para evitar prejuízos futuros.

Não tome decisões sob pressão e tentando adiar seus problemas e preocupações, pois essa não é a melhor estratégia para conseguir solucionar todas as suas necessidades.

Quando parcelo as dívidas meu nome limpa?

Quando se solicita um Cartão de Crédito para Negativado pode ocorrer uma situação em que existiu a renegociação da dívida e nesse caso ao pagar a primeira parcela da dívida renegociada, o credor deve retirar o nome dos apontamentos junto aos órgãos de proteção ao crédito.

Assim seu nome estará livre para retomar seu crédito e possivelmente não estará enquadrado no perfil de ter de solicitar um Cartão de Crédito para Negativado.

Os acordos de reparcelamentos liquidam as dívidas e consideram os valores como dívidas novas, assim aqueles compromissos vencidos e não pagos devem ser excluídos dos apontamentos que geraram a negativação.

Porém é importante que trace estratégias para que não feche acordos somente para empurrar suas obrigações e que serão no futuro, causadoras de novos atrasos e negativações.

Ao negociar tenha segurança quanto aos valores que poderá comprometer e passe a trabalhar com esses limites para ter segurança de que vai conseguir pagar pontualmente os novos valores a serem negociados.

Tente contrapropostas e muitas vezes lançar mão de algum bem para quitar suas dívidas é a melhor opção para regularizar sua situação.

No entanto rever suas atitudes e a forma como lida com seus recursos são determinantes para conseguir sua estabilidade financeira futura.

Como tirar um cartão de crédito enquanto quito as minhas dívidas

Quando você quita suas dívidas é normal as instituições retornarem com seus limites ou definirem novos limites de crédito para você.

Porém quando você está em negociação para quitar essas dívidas é interessante que esse tipo de negociação seja informado a empresa onde você solicitou o Cartão de Crédito para Negativado.

Muitas vezes ocorre da pessoa estar pagando sua dívida e o nome não foi excluído ainda dos órgãos de proteção ao crédito e esse processo deve ser informado para auxiliar na análise do seu caso.

Tal iniciativa mostra seu interesse em quitar suas obrigações sendo importante que a empresa saiba que esta encaminhando uma solução e que dentro em breve conseguirá mudar seu perfil.

Sempre importante cuidar de suas dívidas e mostrar interesse em quitá-las pois assim você mantem um relacionamento mais proativo com seus credores e pode se beneficiar em negociações mais adequadas e que lhe favoreçam.

Outra situação importante é avaliar o motivo de ter sido negativado, pois existem casos de fraudes em que é necessário recorrer a ações judiciais para a retirada do nome, assim ao fornecer esse tipo de informação a empresa que está avaliando seu caso pode lhe favorecer.

Quanto tempo levo para melhorar meu score

O score é um importante dado para obter um Cartão de Crédito para Negativado.

Entretanto esse score pode ter uma nota baixa e influenciar na concessão desse tipo de recurso de crédito, assim é importante tentar ações para melhorar esse score e poder contar com um Cartão de Crédito para Negativado, com mais facilidade e em condições melhores de taxas e juros.

Porém esse processo leva um tempo para ser concluído e deve ser considerado quanto a sua efetivação para que não gere expectativas que não se concretizem.

Quando existe uma anotação de negativação ela permanece por longo tempo e afetando o score, por isso é comum que a pessoa ao acompanhar seu score não identifique alteração do score, isso ocorre por que a negativação interfere na nota atribuída a pessoa que teve o nome negativado..

Quando seus dados se encontram desatualizados junto aos órgãos de proteção ao crédito também há uma influência na nota e pode prejudicar o seu score.

Renegociações e dívidas não pagas impactam no score também.

Todos esses fatores podem levar a que a nota de score permaneça mais tempo sem ser alteradas e pode levar a uma frustração do consumidor.

Porém dependendo da análise realizada pela empresa que está concedendo o Cartão de Crédito para Negativado, essas situações podem não causar impacto muito intenso na concessão do benefício de crédito.

O tempo para aumento do score está diretamente relacionado a quitação de dívidas e manter um bom perfil de pagador para que possa ser realizado com menor tempo possível.

A pontuação do score é dinâmica e diária e a cada movimentação ela pode oscilar positiva ou negativamente, dependendo de seu comportamento como consumidor.

A nota de score pode ser consultada de maneira gratuita no site do Serasa consumidor, sendo de fácil acesso e assim muito mais prático de ser acompanhado.

Dívidas em bancos diminuem a chances de ter cartão de crédito

Ter um Cartão de Crédito para Negativado possui grande limitação quanto a sua concessão, muito embora existam diversas propagandas que ofereçam essa opção, diversas delas devem ser bem avaliadas para que não se tornem armadilhas e que acabem por dificultar sua vida.

Porém não só para negativados a concessão de cartões de crédito podem ser mais difíceis, é o caso de pessoas que mantem alto endividamento com bancos e instituições financeiras.

Nesse caso o cadastro positivo pode indicar ao mercado essa situação e as linhas de crédito começam se reduzir, impactando diretamente em ofertas de cartões de crédito.

Porém mesmo que isso não ocorresse o próprio consumidor deve ter consciência de seu nível de endividamento e evitar contrair mais opções de crédito para que sua situação não se torne de insolvência e acabe sendo negativado nos órgãos de controle de créditos.

Uma opção para reduzir esse tipo de risco é vincular empréstimos a garantias de bens móveis e imóveis e assim conseguir manter taxas menores e maior chance de ter uma avaliação de riscos menor.

Normalmente se a pessoa não tem o nome inscrito nos órgãos de controle de crédito a oferta de carões e crédito é intensa, porém para negativados a dificuldade é maior e ainda há a necessidade de avaliar com bastante cuidado a idoneidade da empresa que está oferecendo um Cartão de Crédito para Negativado, para não ter decepções e o que parecia uma solução acabe sendo um tremendo dano.

Considerações finais sobre melhor cartão de crédito para negativado

Como vimos, existem muitas maneiras de obter o Melhor Cartão de Crédito para Negativado.

Porém, o ideal é que consiga quitar suas dívidas e que possa ter créditos disponibilizados com juros e condições mais adequadas que permitam sua quitação com mais tranquilidade.

Se você está negociando suas dívidas, é melhor aguardar um pouco e recorrer somente se a situação não for resolvida em tempo menor, pois estará retomando seu perfil de bom pagador com maiores vantagens.

Importante destacar ainda que o ideal é evitar dívidas e poder ter uma vida mais tranquila. Para isso, existem algumas ações que devem ser adotadas e que podem contribuir para evitar dívidas.

Manter um planejamento de consumo, e comprar de forma consciente, assim como definir e controlar seu orçamento, são atitudes que contribuem para manter sua saúde financeira e evitar prejuízos para sua vida.

Lembre-se sempre de que juros e taxas bancárias acabam sendo relevantes em seu orçamento e comprometem boa parte de sua renda, influenciando, por exemplo, em não conseguir uma melhor qualidade de vida.

Enfim, pesquise opções e empresas que fornecem Cartão de Crédito para Negativado e avalie a que melhor atenda às suas demandas, para conseguir esse recurso em caso de necessidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here